Categoria: Dicas MULTISPACE

O PADRÃO MULTISPACE DE EXCELÊNCIA é premiado pelo site casamentos.com.br

Casamentos_Awards_2017 2

O PADRÃO MULTISPACE DE EXCELÊNCIA é o resultado de uma série de ações e atitudes de diretores, colaboradores e parceiros do espaço  visando atender e até mesmo superar as expectativas de seus clientes.

Estão estruturadas em 3 vertentes: 

  • Melhoria contínua:  procuramos melhorar sempre em todos os aspectos: infra-estrutura, tecnologia , recursos humanos e parcerias;
  • Confiança:  em 25 anos de atividades, o  que temos de mais precioso é a nossa credibilidade, conquistada honrando nossos compromissos;
  • O cliente é o nosso foco: todas as nossas ações são voltadas para atingir um objetivo: atender  às expectativas de nossos clientes.

Iniciado há pouco mais de um ano, o sistema de gestão Padrão Multispace de Excelência já está apresentando bons resultados, com um retorno muito positivo confirmado pela aprovação dos clientes.

O site casamentos.com.br, um dos líderes internacionais do ramo,  acaba de conceder o prêmio “CASAMENTOS AWARDS 2017”  ao Multispace pelas avaliações positivas e recomendações de diversos casais que se utilizaram de seus  serviços e espaços.

 

A sofisticação que os lustres dão ao ambiente

O Multispace conta agora com 3 lustres Império que valorizam ainda mais a sua festa.

Posicionados acima da mesa de bolo e doces, os 3 lustres dão aquele toque de glamour e sofisticação para sua festa, seja de casamento, 15 anos ou formatura.

E o que é melhor: eles já vêm integrados ao espaço, assim como a boate, o som com DJ, a iluminação cênica, o mobiliário, seguranças, serviço de fiscal de toalete e coordenador do salão.

Tudo isto para lhe proporcionar mais conforto e facilidade na hora de preparar sua festa.

Peça um orçamento.  Você vai se surpreender com o custo x benefício.

Temas românticos para sua festa de 15 anos

13-abril
Existem diversos tipos de temas que são românticos, porém hoje escolhi três deles para inspirar vocês que pretendem fazer uma festa de 15 anos com temas super românticos: Romeu e Julieta, Fadas e o tema Jardim Encantado. Estes temas tem sido cada vez mais procurados por debutantes de todo o Brasil, mas ainda não são temas convencionais ou comuns. Na verdade, ainda se tratam de temas bem originais! Por isso se você está procurando algum tema que seja diferente, mas que tenha o charme do tradicional, esses três temas românticos podem ser perfeitos para a sua festa de 15 anos.

Romeu e Julieta

Se você é uma pessoa que curte poesias, cultura, teatro e romance, este é o tema perfeito para a sua festa de 15 anos. A famosa história de Shakespeare pode ser muito bem trabalhada na festa e 15 anos.Você pode trabalhar com os filmes existentes e até organizar uma apresentação teatral com as suas amigas.

Jardim encantado

O tema Jardim Encantado é bem original e muitas debutantes sempre me perguntam como decorar e quais vestidos poderiam usar para este tema.Este é um tema que pode ser bem trabalhado, mas como decorar com flores é sempre bem caro, ainda mais se forem flores naturais, o ideal é que você só escolha este tema se o seu orçamento não for muito apertado, pois as flores são a graça é essencial em toda a decoração deste tema.Para você que deseja uma decoração incrível, é possível utilizar muros ingleses. São painéis de folhagens, naturais ou artificiais, que podem ser fixadas à parede, como por exemplo na parede atrás da mesa do bolo. O efeito é lindo e com certeza o seu salão vai ficar com cara de jardim encantado.Árvores francesas, borboletas, joaninhas (artificiais no caso dos bichinhos) podem servir de complemento à sua decoração e dar uma ar mais feminino é romântico à sua festa.

Fadas

Para você, debutante que deseja fazer a sua festa de 15 anos com o tema fadas, é bem simples! Siga nossas sugestões citadas acima para decoração com o tema jardim encantado, com muro inglês e árvores francesa e acrescente fadinhas voando por todo o salão. As damas podem estar vestidas de fadinhas, podem ser todas com a mesma cor ou cada uma com cores diferentes, fica muito bonito. A debutante neste caso seria a fada rainha, o vestido deve ser o mais bonito e brilhante, pois a debutante deve sempre ser o centro das atenções de sua festa.

Baile de Máscaras

Uma festa baile de máscaras tem que ser no mínimo muito sofisticada! Um tema cercado de mistérios e magia, lindo e cheio de detalhes. Para quem quer uma festa de debutante inesquecível pode escolher este tema sem medo de ser feliz!

8 dicas para escolher flores para casamento

Elas dão charme e elegância à festa e cerimônia com suas cores, tamanhos e formatos. O que seria dos casamentos sem a alegria das flores?!  No entanto, não é tão fácil escolhe-las. Além do sonho para o grande dia, é preciso se atentar à época do ano, ao local e ao orçamento para não ter surpresas desagradáveis.

Rosa Mística Flores e Decorações

1 – Dentre as flores com mais disponibilidade no mercado brasileiro, as rosas estão na frente. Esse tipo de flor tem uma boa produção durante o ano inteiro e a sua variedade de tons atende a diferentes gostos. As astromélias também podem ser uma opção.

2 – Quem quer tulipas e orquídeas para o grande dia precisa escolher com atenção a data durante o inverno. Elas são bastante restritas no Brasil, assim como as peônias, que tem apenas um polo de produção no país, em São Paulo. Devido à sazonalidade, são flores mais caras, que podem elevar o orçamento.

3 – Na hora de botar o custo das flores na ponta do lápis, é preciso considerar o tamanho do lugar e a data, porque a produção cai muito no inverno, ou seja, quanto menos oferta, maior preço. Por isso, pense bem para fazer as escolhas certas!

4 – Casar durante o dia pode ser uma forma de reduzir os custos: o horário permite usar flores do campo – minimargaridas, pinóquios e aster –, que são mais acessíveis. Além disso, nesse tipo de cerimônia, a ideia das flores é apenas valorizar o cenário.

5 – Se você quer inovar na decoração da cerimônia, as charmosas bouganville desidratadas e brinco de princesa podem substituir os tradicionais mosquitinhos. No entanto, para dar o efeito desejado, é preciso usá-las em grande quantidade, o que pode sobrecarregar o orçamento.

Flor & Shop Decorações e Eventos

6 – A escolha das flores do seu casamento deve ser feita de acordo com a sua personalidade. Seja pela cor, significado, aroma ou até mesmo o conceito, você precisa saber qual tem mais a ver com o estilo do casal.

7 – Para ambientes fechados, são mais indicadas flores em tons pastéis. Já para casamentos ao ar livre, o ideal é usar cores mais fortes que possam contrastar com a luz do dia.

8 – Tão importante quanto o décor, o buquê não deve combinar com a ornamentação da festa nem da igreja. Por ser uma peça singular, precisa transmitir a identidade da noiva. E deve ser escolhido como uma joia para se destacar na produção.

 

Via Site – Inesquecivel Casamento

Dicas para servir Champagnes

dicas

Para servir um champagne deve-se ter atenção a alguns preceitos básicos. O primeiro diz respeito à temperatura, que deve se situar em torno dos 8ºC, podendo chegar a 10ºC. Para os grandes champagnes safrados pode chegar a 14ºC. Para se atingir esta temperatura, bastam cerca de 20 a 30 minutos num balde com água e gelo ou três horas de refrigerador. Não coloque seu champagne no freezer.

As taças recomendadas são as “flutes” de cristal, por conseguirem diminuir a superfície de vinho em contato com o ar, e assim manter suas características de “perlage” por muito mais tempo.

A “perlage” é simplesmente a coroa de espuma formada pelas bolhas de gás carbônico no topo da taça. Atenção na hora de abrir a garrafa, não permitindo o estouro da rolha, pois isto tem como conseqüência a perda das preciosas borbulhas. Abra a garrafa como um suspiro. Copos resfriados pelo próprio vinho evitam a espuma exagerada e favorecem a “perlage”. Um bom champagne deve ter as fileiras de gás mais finas possíveis, subindo com força e constantemente.

É falsa a idéia de pensar em servir o champagne durante toda refeição ou festa. O champagne é antes de tudo um vinho e devemos procurar a harmonia entre os pratos, os momentos e as pessoas.

 

Fonte: http://imigrantesbebidas.com.br/festas/artigo.php?recordID=8&artigo=Dicas%20para%20servir%20Champagnes

Aprenda como criar sites de casamento

Site de casamento: facilidade na organização e interação com os convidados

Apesar das tradições, ao longo do tempo, muitas mudanças ocorreram em relação à organização e ao casamento enquanto um evento.

 

Por exemplo, quem era convidado para um casamento há 10 anos estava acostumado com o seguinte procedimento: receber o convite em casa e ir até à loja para comprar o presente. Os rituais como valsa, brinde e a necessidade dos noivos de passarem de mesa em mesa cumprimentando cada convidado eram tidos como certos. Passadas algumas horas da comemoração, a tendência era que os recém-casados saíssem praticamente no meio da festa para seguir para a lua de mel.

 

 

Hoje, com certeza muita coisa mudou, embora alguns casais levem a sério alguns rituais e tentem segui-los na medida do possível. Atualmente, a ideia é que o casal prepare uma festa que tenha a sua cara e, também, a qual eles possam aproveitar o máximo!

 

Uma das grandes mudanças diz respeito ao uso da tecnologia a favor dos noivos, especialmente em relação à organização do evento. E o melhor exemplo talvez sejam os sites de casamentos, que facilitam a confirmação de presença dos convidados, a visualização da lista de presentes e muito mais detalhes sobre o evento.

 

As principais vantagens de se criar um site de casamento

 

Para Estênio Azevedo, consultor matrimonial, ter um site de casamento alimenta duas questões importantes. “O portal gera uma grande facilidade em dialogar com os convidados sobre diversos assuntos, permitindo que tais pessoas conheçam mais a história do casal, tenham uma noção do que os espera no dia do evento, saibam qual a melhor forma de presenteá-los (visto que é possível colocar link direto para a lista de presente ou até mesmo criar uma ‘cota lua de mel’, que por sinal está super em alta). Facilita o RSVP (confirmação de presença) e até mesmo ajuda o assessor a conhecer melhor o público do evento por meio dos recados, comentários e interação dos convidados com o casal, o que reflete positivamente na produção do evento”, destaca.

 

“O segundo ponto é emocional, pois o casal, muitas vezes inexperiente na produção de um evento, vive esse período de descobertas de uma forma bem intensa e com a alegria de saber que está preparando algo tão especial em suas vidas… E o site é a ferramenta que permite compartilhar essas emoções com todos os convidados – que podem chegar na festa sabendo da ‘trabalheira’ que a noiva teve para confeccionar o porta guardanapo que está sobre a mesa, por exemplo”, explica o consultor matrimonial.

 

 

 

 

 

7 plataformas de construção de sites de casamento que você pode utilizar

 

Mas como criar seu próprio site de casamento? Na prática, o que eles oferecem?

 

Abaixo você conhece exemplos de plataformas para a construção do seu site e as facilidades que cada uma oferece. Os símbolos indicam os recursos que a plataforma oferece (✓) ou não oferece (✘).

 

  1. iCasei

 

Uma das plataformas mais conhecidas, oferece inúmeros layouts para que você monte um site de casamento que tenha tudo a ver com vocês, domínio personalizado (www.noivaenoivo.com), possibilidade de criar enquetes, contagem regressiva, entre outros recursos.

 

Lista de presentes ✓

RSVP ✓

Mapa do local ✓

Blog para os noivos ✓

Atendimento ✓

Acesso mobile ✓

Variedade de preços/planos ✓

Download do conteúdo ✓

Opções de temas/layouts ✓

Outros recursos ✓

  1. Casare

 

A plataforma permite que você crie seu site de casamento (com a possibilidade de domínio personalizado, inclusive), onde poderá compartilhar informações do evento, colocar fotos e contar a história do casal, ganhar presentes em dinheiro, entre outras opções, de acordo com o plano escolhido.

 

Lista de presentes ✓

RSVP ✓

Mapa do local ✓

Blog para os noivos ✘

Atendimento ✓

Acesso mobile ✘

Variedade de preços/planos ✓

Download do conteúdo ✘

Opções de temas/layouts ✓

Outros recursos ✓

  1. ProntoCasei

 

A plataforma permite criar seu site de casamento de forma rápida, com domínio personalizado, e com recursos como, por exemplo, gerenciar os custos e lembrá-los de todas as tarefas que envolvem a preparação do casamento. Há ainda música de fundo no site, contagem regressiva, cardápio da festa, possibilidade de criar enquetes etc. Existe também a opção de criar o site gratuitamente.

 

Lista de presentes ✓

RSVP ✓

Mapa do local ✓

Blog para os noivos ✓

Atendimento ✓

Acesso mobile ✘

Variedade de preços/planos ✓

Download do conteúdo ✓

Opções de temas/layouts ✓

Outros recursos ✓

  1. MeCasei

 

Promete a administração do casamento em um só lugar, onde você poderá receber presentes em dinheiro sem taxas de saque, fazer a playlist do casal para emocionar os convidados etc. Não há diferenciação de preços e o uso é por tempo ilimitado e sem mensalidades. É uma ferramenta que permite que os noivos tenham como recordação o site do casamento de forma online (ou seja, não é preciso download).

 

Lista de presentes ✓

RSVP ✓

Mapa do local ✓

Blog para os noivos ✓

Atendimento ✓

Acesso mobile ✘

Variedade de preços/planos ✘

Download do conteúdo ✓

Opções de temas/layouts ✓

Outros recursos ✓

  1. Zankyou

 

Você pode criar seu site de casamento de forma fácil e gratuita. O site será um espaço personalizável, e contará com recursos como contagem regressiva, playlist, vídeos etc. Além disso, noivos e convidados podem interagir diretamente pela página através da troca de comentários. A lista de casamento possui uma tarifa de administração de 0,99% (+ tx.bancária) sobre o valor dos presentes oferecidos.

 

Lista de presentes ✓

RSVP ✓

Mapa do local ✓

Blog para os noivos ✘

Atendimento ✓

Acesso mobile ✓

Variedade de preços/planos ✘

Download do conteúdo ✓

Opções de temas/layouts ✓

Outros recursos ✓

  1. Casar

 

Com o site, os convidados podem comprar os presentes e os noivos recebem em dinheiro. É possível ainda ativar as cotas de lua de mel. Há espaço para colocar dicas gerais para os convidados, contar a história do casal com fotos, músicas e vídeos, homenagear pais e padrinhos etc.

 

Lista de presentes ✓

RSVP ✓

Mapa do local ✓

Blog para os noivos ✓

Atendimento ✓

Acesso mobile ✓

Variedade de preços/planos ✓

Download do conteúdo ✓

Opções de temas/layouts ✓

Outros recursos ✓

  1. Emotion.me

 

O casal pode escolher se deseja ter um domínio personalizado do site (exemplo: juliaepedro.com), tem possibilidade de criar hastag (#) personalizada para os convidados usarem antes e durante o grande dia, entre outras vantagens. Há um plano básico gratuito e limitado e planos pagos mensalmente.

 

Lista de presentes ✓

RSVP ✓

Mapa do local ✓

Blog para os noivos ✓

Atendimento ✓

Acesso mobile ✓

Variedade de preços/planos ✓

Download do conteúdo ✘

Opções de temas/layouts ✓

Outros recursos ✓

11 dicas para criar um site de casamento incrível

 

 

Assim como o casamento em si, o site deve ter a cara do casal! De acordo com Azevedo, deve ser funcional e, principalmente, interessante. “Tudo que for colocado nele tem que ter uma razão/função. As pessoas precisam acessar o site e enxergar a personalidade do casal em todos os detalhes”, diz.

 

Enfim, montar um site de casamento parece simples, mas é importante se atentar a alguns detalhes. Azevedo passa as principais dicas:

 

Comece avaliando bem qual o pacote que realmente necessita. “Algumas empresas que disponibilizam este serviço negociam pelo período em que o site ficará no ar, então pense bem se precisa dele com um ano de antecedência, se vale a pena seis meses para reforçar o “save the date” ou se apenas três meses já é satisfatório.”

É importante manter o site no ar por, ao menos duas semanas após a festa, pois muitos convidados podem dar feedbacks e até mesmo compartilhar registros que fizeram. Isso além do agradecimento que o casal pode fazer aos convidados.

Na hora de personalizar a página, procure seguir a paleta de cores da identidade visual da sua festa e, caso não a tenha, use as cores da decoração e as suas respectivas combinações.

Os textos podem ser redigidos numa linguagem coloquial, natural, como se você estivesse conversando com os familiares e amigos.

Esteja à vontade para escrever, mas tenha cautela em expor intimidades do casal e de terceiros. “Muitas vezes é preferível dar adjetivos e termos como ‘um grande amigo’ ou ‘minha prima-irmã’ do que citar nomes. O texto deve ter apenas dois protagonistas.”

Selecione fotos diversas, preferencialmente que relembrem momentos marcantes do namoro, mas sem exagerar na quantidade. “Menos é mais, e muita foto pode ser um pouco cansativo para os convidados.”

Envie o link para todos aqueles que serão convidados para o seu casamento. “Evite divulgação aberta em páginas do facebook etc., pois isso dá a impressão de que você está convidando a todos. Isso é o mesmo que colocar o convite no mural da empresa: todos se sentem convidados.”

Detalhe todas as informações sobre os locais do evento, “reforçando a data e horários, inserindo mapas e dicas de como chegar, indicando se há algum aplicativo localizador que fornece melhor caminho e deixando um contato (que não seja o do casal) para o caso dos convidados precisarem de mais informações no dia”.

Faça postagens de tempos em tempos com os bastidores da produção da cerimônia, gerando suspense e ansiedade sem estragar grandes surpresas. “Pode até mesmo colocar uma foto em frente ao ateliê, mas evite deixar escapar algum detalhe do vestido e acessórios.”

Incentive a confirmação de presença, mas sem pressionar os convidados. “Em vez de sempre cobrar ‘confirme a sua presença’, você pode ser mais sutil e colocar frases que gerem suspense ao final das postagens: ‘quer ver como vai ficar? Confirme sua presença e comemore com a gente’”.

Disponibilize fácil acesso para as listas de presentes ou cota lua de mel. “Para o caso da segunda opção, é interessante dissertar um pouco sobre o local que vocês irão visitar e o quanto estão ansiosos para desfrutar de tudo que ele oferece.”

“Toda e qualquer ação da preparação do seu casamento deve ser prazerosa. Divirta-se cuidando dos detalhes e siga as orientações de seu assessor. Lembre-se de que ele será o responsável por toda a parte burocrática, a fim de que você possa aproveitar muito bem esse período”, destaca Azevedo.

 

Fonte: http://www.dicasdemulher.com.br/sites-de-casamento/ 

Em que mês eu vou?

22-marco

Cuidados iniciais: de datas comemorativas à agenda da igreja
Antes de pensar nas vantagens deste ou daquele mês, vale lembrar que a escolha pode ser influenciada por alguns detalhes que vão além da vontade dos pombinhos.

A primeira coisa a se fazer é abrir o calendário do ano e eliminar os feriados e datas “enforcadas”, ou seja, aqueles dias em que o pessoal “emenda”. Afinal, você nunca sabe quando aquele parente ou amigo tão especial vai viajar.

Cuidado também com Carnaval, finais de campeonato de futebol, aniversário da cidade, etc. Esses eventos não só dão um nó no trânsito (e isso pode significar atraso!), como deixam os serviços mais caros.

Outra boa dica é sincronizar o dia com a melhor época para sua lua de mel. Se quiser economizar, como falamos neste post aqui, sua data pode ser fora da temporada e aí, a cerimônia tem que coincidir.

Por fim se você for casar em uma igreja Católica, saiba que algumas têm filas de espera muito grandes. Consulte o agendamento da igreja escolhida para saber com antecedência as datas à disposição.

Detalhes observados, é hora de avaliar os pontos positivos e negativos de cada mês.

Janeiro é uma dos meses menos procurados. E isso ajuda você a negociar melhor com os fornecedores de serviços e com o aluguel do salão. A luz do sol nessa época do ano está linda para fotos, o que vai deixar seu álbum e filmagem ainda mais bonitos!

Mas fique de olho porque também é um mês em que muita gente viaja e alguns prestadores de serviço tiram férias. Então, antecipe-se nos convites e contratos! E lembre-se: chove bastante e o calor pode ser um incômodo. Essas duas características fazem de um ambiente climatizado a melhor opção.

Que tal fevereiro? As flores tropicais estão em alta e você pode dar um show de decoração na igreja, salão e no buquê. O clima é bem parecido com o de janeiro e, por isso, valem as mesmas precauções.

Ainda tem chance de muita gente planejar viagem para essa época, então corra com os convites. E, claro, evite marcar uma data próxima ao Carnaval. As cidades ficam com o trânsito complicado na semana anterior e posterior à folia!

Quem optar por março pode tirar vantagem da baixa temporada (que vai de março a junho) para alguns destinos e negociar uma lua de mel mais em conta. A cerimônia vai ficar linda com as Orquídeas, flores da estação que estão belíssimas nessa época.

Bom, lembra daquela famosa música que fala sobre “as águas de março fechando o verão”? Pois é, as pancadas de chuva repentinas podem ser uma surpresa desagradável. Tenha um “Plano B” se estiver pensando em casamento ao ar livre!

Quer escolher abril? Muitos cerimonialistas consideram este o mês ideal para casamentos, por conta do clima nem quente, nem frio e com poucas chuvas. É a melhor data para um casamento ao ar livre!

Mas contrate tudo com antecedência, porque em função da preferência das noivas pela data os preços começam a subir rápido!

Em maio, temos o tradicional “mês das noivas”. Por isso, tudo inflaciona. Se pretende casar nesse mês, planejamento é fundamental. O clima ainda é bem semelhante ao de abril. O outono tem uma luz natural mais suave e ótima para fotos também, inclusive para casamentos na praia.

Já em junho as datas são pouco concorridas, o que facilita sua negociação com fornecedores e prestadores de serviços. Uma característica da época é que, com o clima mais ameno, as roupas de gala ficam mais confortáveis, principalmente para os homens e seus ternos. As tulipas estão em alta, sendo uma alternativa para a decoração.

Com a chegada de julho – e do frio mais intenso -, tudo fica ainda mais glamouroso. As roupas da estação são mais glamourosas e até o buffet muda o cardápio, com vinhos e comidas mais pesadas.

Vale lembrar que é a época de descartar o casamento ao ar livre e de convidar com antecedência porque, com as férias escolares, muitas famílias viajam!

Agosto é tradicionalmente um mês evitado pelas noivas (lembra aquele ditado: agosto, mês do desgosto?). Pura superstição, claro! Para quem quer uma cerimônia é hora de negociar ao máximo com os fornecedores de serviços! Até mesmo nos copos de leite, flores em alta nessa época.

Com a volta da primavera em setembro, claro, as flores estão belíssimas! A temperatura também já subiu, o que faz do casamento ao ar livre uma opção interessante. Esta é uma época muito procurada, o que faz os preços subirem e as datas ficarem mais difíceis. Então, planejamento é fundamental!

O quadro se repete em outubro, com o auge da estação. É a época dos lírios, ótima opção para decoração. A data combina com casamentos ao ar livre, com temperaturas mais altas batendo na porta.

Quando chega novembro é hora de acelerar! É o último mês antes da correria das festas de final de ano. Alguns pombinhos já receberam a primeira parcela do 13º, o que ajuda na hora de encomendar as flores da estação: lavandas e lua de mel que, nesta época, dão uma encarecida.

Fique atento aos feriados nacionais (nos dias 02 e 15) que podem atrapalhar sua organização em função das viagens dos convidados.

Em dezembro, embora tudo fique mais corrido, temos aquela animação de final de ano! Com o 13º na conta, o casal tem um reforço para as despesas de última hora. É um mês super concorrido para casamentos, principalmente em função dos salões, que já estão quase todos alugados.Dado o calor, o ambiente precisa ser climatizado.

Pronta para escolher a data do seu grande dia? Então, aproveite estas dicas e faça o casamento dos seus sonhos!

Via Blog Quero de Casamento

Promoção Mês da Mulher – Multispace

post

 

No Mês da Mulher, noivas e debutantes podem realizar seu sonho. O nosso presente é bem mais que um simples parabéns: 20% de desconto à vista na locação do Salão com boate, som, DJ, iluminação e mobiliário.

Ligue (31) 3396-8100 ou (31) 98479-4293 e agende uma visita. Datas limitadas.

*o desconto de 20% é para contratos fechados no mês das mulheres para pagamento à vista.

Clique aqui e solicite seu orçamento. 

 

 

 

 

10 dicas simples para planejar sua festa de casamento

São Paulo – É curioso o efeito que a palavra “casamento” pode ter sobre os preços de serviços e produtos – os noivos bem sabem. Mas, com uma boa dose de organização eplanejamento financeiro é possível driblar altos custos e realizar a festa dos seus sonhos.

Para que isso aconteça sem que a vida a dois comece no vermelho, a Proteste, organização de consumidores,preparou uma cartilha que mostra as principais armadilhas na preparação da festa de casamento e traz orientações para organizar o evento sem complicações.

Confira a seguir as principais dicas da entidade.

 

 

1) Conheça seus direitos

O Código de Defesa do Consumidor (CDC) pode ser uma importante arma de defesa dos noivos em casos de problemas com fornecedores e prestadores de serviços, por isso é importante ter em mente algumas de suas principais disposições.

Entre outros pontos, o CDC protege os consumidorescontra: publicidades enganosas e abusivas; métodos comerciais coercitivos ou desleais; e práticas e cláusulas abusivas ou impostas no fornecimento de produtos e serviços.

2) Pense no regime de bens do casamento

Escolher o regime de bens do casamento não faz parte da organização da festa propriamente dita, mas é uma das decisões mais importantes do casamento.

Hoje, o regime que vigora quando nenhum outro é definido expressamente é o da comunhão parcial de bens, no qual todos os bens adquiridos de forma onerosa (pagos com o fruto do trabalho do casal) após o casamento são repartidos entre o casal. Já os bens recebidos por herança, doação ou comprado antes do casamento (bens particulares), são individuais.

Outros regimes podem ser definidos por meio de um pacto antenupcial, como o regime da comunhão universal de bens, no qual todos os bens pertencem ao casal em iguais proporções (inclusive bens particulares, à exceção daqueles que possuem cláusula de incomunicabilidade); e o da separação de bens, no qual todos os bens sempre permanecerão de propriedade individual de cada um.

3) Pesquise sites de casamento

Sites de casamento podem auxiliar os noivos com a divulgação de detalhes da cerimônia, como a localização da festa, e os links de sites com a lista de presentes.

Segundo a Proteste, existem diversas opções de site e muitas são gratuitas, mas antes escolher uma delas, os noivos devem verificar se há reclamações sobre o site na internet e devem ler o seu contrato de serviços.

4) Faça um cronograma

Como os gastos envolvidos no casamento são altos, planejar a festa com antecedência é fundamental. Com mais tempo, o casal consegue pechinchar melhor e evitar reajustes de preços.

Na cartilha da Proteste, há uma sugestão de cronograma bem detalhada, com o que deve ser definido em cada mês. Veja na tabela a seguir os principais pontos do cronograma.

Prazo de antecedência Pendências
18 meses Definição do orçamento, da lista de convidados, data do casamento e início da pesquisa de fornecedores.
17 meses Escolha dos locais da cerimônia e da festa.
15 meses Definição do fotógrafo e cinegrafista.
12 meses Escolha do bufê, do DJ e reservas de datas com maquiador e cabeleireiro.
9 meses Definição dos decoradores, bandas e início das pesquisas de vestidos.
8 meses Escolha da decoração.
7 meses Contratação do serviço de bar.
6 meses Convite de padrinhos, daminhas e fechamento da lua de mel.
5 meses Escolha dos bolos, doces e bem-casados.
4 meses Escolha dos convites, do carro da noiva, de eventuais lembrancinhas e das bebidas da festa que não são oferecidas no bufê.
3 meses Escolher o buquê e as lapelas, grinalda, véu e todos acessórios da noiva; providenciar os documentos para o casamento civil; definir a roupa do noivo, dos padrinhos, das damas e dos pajens; e lançar o site do casamento.
2 meses Entrega dos convites, degustação do cardápio da festa e contratação dos seguranças da festa.
1 mês Realização da reunião final com o decorador e o DJ; gravação dos nomes nas alianças e finalização da entrega dos convites.
15 dias Prova do cabelo e maquiagem; fazer uma checklist do que já foi pago e do que ainda falta pagar; reunir os contatos dos fornecedores e entregar para o cerimonial.
Na semana Reunião final com o cerimonial; fazer o ensaio da cerimônia; arrumar a mala da lua de mel; pegar o vestido de noiva e os acessórios; e fazer procedimentos de beleza.

5) Faça uma planilha de gastos

Como a lista de gastos com a festa é extensa, é fundamental fazer uma planilha de despesas para que o planejamento do casamento seja bem feito.

A Proteste sugere que a planilha seja dividida em quatro colunas: produtos/serviços; preço total; número de parcelas; e dia do pagamento.

6) Planeje com atenção a lista de convidados

A lista de convidados é um dos segredos do sucesso de um casamento, já que é um dos principais fatores de definição dos custos.

A lista pode começar pelas pessoas mais próximas e depois seguir pelos parentes mais distantes, amigos dos pais e colegas de trabalho. O cálculo do número de convidados deve considerar que 10% a 20% dos convidados não vão ao casamento, em média, segundo a Proteste.

Veja a seguir a sugestão de planilha que a entidade propôs para facilitar o controle da lista de convidados:

Nome no convite Nome de cada convidado Número de convidados Número de convites Telefone Celular E-mail Endereço Presença

7) Tome algumas precauções com a lista de presentes

Para não ter problema com as lojas selecionadas para as listas de presentes, a Proteste orienta que os noivos verifiquem os procedimentos da loja para troca de produtos e se ela tem reclamações nos órgãos de defesa do consumidor.

Também é aconselhável guardar uma cópia da lista e checar as regras previstas em contrato para o caso de falta de produtos em estoque. O prazo mínimo de troca também deve ser observado, assim como as condições e prazos no caso de troca por vício.

Verifique também se a loja permite acompanhar o processo de compra do presente na Internet, isso pode facilitar o planejamento sobre o que precisará ser trocado e o que não foi comprado pelos convidados e deverá ser providenciado.

A cartilha também recomenda que a lista inclua produtos de todos os valores, desde os mais baratos até os mais caros para os noivos não sejam deselegantes.

8) Veja alternativas para não gastar tanto no vestido

Para não arcar com gastos exorbitantes na escolha do vestido, a Proteste sugere alternativas, como contratar uma costureira que esteja habituada a confeccionar vestidos de noiva. Outra opção seria comprar o tecido e solicitar aos estilistas da própria loja o desenho final.

O aluguel também é uma opção mais acessível para noivas que não se importam de não guardar um vestido. Nesse caso, é possível optar pelo primeiro aluguel, assim a loja faz o modelo como a noiva quer, e depois disponibiliza para locação.

9) Busque locais especializados para comprar a aliança

Os preços das alianças podem variar muito, seja pela qualidade da joia, marca ou pelo design, por isso é importante pesquisar bem as opções disponíveis.

Segundo a Proteste, uma boa dica é visitar a Rua Barão de Paranapiacaba, conhecida como “rua do ouro”, que fica na região central da cidade de São Paulo. A entidade afirma que lá os preços das alianças são bem inferiores aos cobrados em lojas de shoppings

Porém, caso a aliança seja comprada nessas lojas é importante ficar atento à origem do produto e à garantia para que o barato não saia caro. Tanto nessas lojas, quanto em outras, é importante exigir a nota fiscal e o certificado de garantia e guardá-los em alguma pasta para que não sejam perdidos.

A Proteste também diz que o polimento e a gravação dos nomes dos noivos e da data do casamento costumam ser feito gratuitamente.

10) Atenção ao contratar o bufê e o espaço da festa

Ao escolher o bufê e o local da festa é importante verificar com cuidado o que está incluído no preço. Por exemplo, se as bebidas fazem parte do bufê e se a decoração é paga junto com o aluguel do espaço.

A Proteste alerta que algumas empresas cobram por objetos quebrados ou estragados durante a festa, por isso é importante exigir que o preço das peças passíveis de danos constem do contrato.

Grande parte dos bufês cobra preços diferenciados de acordo com o tempo de recepção. É importante checar se no contrato são previstos custos adicionais diante de eventuais atrasos e prorrogações no tempo previsto.

A cartilha orienta o casal a fazer uma pesquisa com diversos bufês, analisando promoções, número de funcionários que estarão disponíveis e as formas de pagamento. Outra dica para economizar é não colocar tantas opções de pratos, para reduzir desperdícios.

Antes de fechar o contrato, a Proteste recomenda pedir informações a pessoas que já utilizaram os serviços e consultar o cadastro de fornecedores do Procon, para saber se há registros de reclamações contra a empresa.

Se a empresa descumprir o que foi combinado, o consumidor pode pedir reembolsos dos gastos e eventuais indenizações, conforme o artigo 20 do Código  de Defesa do Consumidor.

Para exercer seus direitos, no entanto, os noivos se certificar de que tudo que for relevante para a festa conste por escrito já que em caso de falhas, essa será a prova do que foi contratado para reclamações posteriores.

Nome do prestador de serviços, condições e tipo da prestação, valor e formas de pagamento são alguns dos pontos que devem constar do contrato.